Viagem

Conhecendo uma fábrica de batatas – Visita delícia a Lay’s

Olá pessoal! Tudo bem? Meu nome é Carolina Sartorio tenho 21 anos, sou publicitária e fui convocada pela maravilhosa Rafa para representa-la em uma visita a fábrica da PepsiCo em Curitiba, onde a batata Lay’s (sim, aquela batata deliciosa e crocante) começou a ser fabricada ainda esse ano, junto com diversos outros produtos que nós conhecemos muito bem, como por exemplo, o Doritos!

batata-lays

“EXPEDIÇÃO LAY’S”

Encontrei a equipe da ”expedição Lay’s” em uma churrascaria, onde tivemos um almoço divertidíssimo e super gostoso, logo de cara já deu para sentir que seria com certeza uma tarde bem divertida. Ao chegarmos na fábrica (enorme e super bonita, por sinal) – fomos encaminhados a uma sala de reuniões, em que recebemos diversas orientações sobre como deveríamos nos portar dentro dos ambientes que conheceríamos, por questões de higiene e segurança. Nos deram jalecos, botinhas, toucas e luvas, e no fim se esse é um blog de moda, confesso que meu look do dia não era dos mais atraentes, haha.

batatas-lays-6

BATATA DE VERDADE

Depois disso, ouvimos um pouquinho sobre a história da fábrica, que está presente aqui na cidade já a mais de 10 anos, e sobre a Lay’s, a veterana internacional que finalmente chegava ao sul do Brasil. E aí que entrou minha primeira surpresa, quando ficamos sabendo do processo que é fazer as batatas, nos contaram que SIM gente, A LAY’S É FEITO DE BATATA DE VERDADE, SEM CONSERVANTES!

É tudo in natura durante todo o processo. Se você desconfia de que isso seja verdade, acredite na minha palavra, assisti o processo na minha frente! Que notícia maravilhosa, não é?

batatas-lays

EMPRESA AMIGA DA NATUREZA

A fábrica em si é super sustentável, eles reutilizam toda a água que é usada para fazer os produtos, as máquinas são todas programadas de tal forma que a quantidade de alimento que ‘sobra’ é praticamente zero e é transformado em adubo, eles tem todo um laboratório de teste de qualidade que funciona de um jeito incrivelmente perfeccionista – além de todas as seleções que já ocorrem durante a produção, e a batata assim que pronta vai para o mercado 24hrs depois – o processo todo de colheita à embalagem dura cerca de 48hrs, assim, a batata que você compra sempre está FRESQUINHA E NA MELHOR QUALIDADE que a Lay’s pode oferecer!

batatas-lays-3

Também ouvimos alguns relatos da fidelidade que os funcionários têm com a empresa, a expectativa de tempo de trabalho ali é de cerca de 7 anos , e as faltas mensais, não chegam a 1% de horas, ou seja, além de muito bem feitas, tem amor envolvido, o que torna tudo mais gostoso, não é mesmo?


POR DENTRO DA FÁBRICA

Assim que esse bate papo encerrou, nos vestimos e entramos no enorme galpão da fábrica. Lá, acompanhamos todo o processo! São 6 tanques com toneladas de batatas recém colhidas que vão sendo selecionadas (as que de alguma forma não estão dentro dos padrões de qualidade já começam a ser descartadas desde aí, mas durante cada parte do processo elas são revisadas) – depois passam por uma máquina cheia de escovões bem fortes, que acabam por lavar e descascar cada uma delas, que depois de limpas, vão para um espaço onde são cortadas em um tubo cheio de lâminas, assim todas fininhas e redondinhas de maneira quase perfeita. Até aí, meio caminho andado, não é mesmo? Então, agora começa a parte em que elas são preparadas para entrar na fritura!

batatas-lays-8

Assim que cortadinhas, elas caem em um tanque que elimina todo o amido da batata, logo em seguida, a água é ‘sugada’ e elas ficam sequinhas. Existe uma rampa, que leva as batatas até a frigideira gigante em que na hora elas ficam prontas e acreditem, o cheiro é maravilhoso! Sabe quando você está no seu quarto, e tem alguém cozinhando batata – ai no mesmo momento você sabe o que é e já fica com água na boca? É mais ou menos esse o aroma que você sente lá dentro.

Depois de prontas e selecionadas, elas já são passadas para uma outra rampa que seleciona certinho a quantidade de batata por pacotes, e assim, são encaminhadas para o empacotamento!

batatas-lays-10

batatas-lays-11

Existe sim toda uma pesagem e cada um dos pacotes tem mais de 90g de salgadinho. Nessa parte existe mais mão de obra humana, por assim dizer, cada pessoa confere e cuida de cada empacotadora. É um processo bem bacana de acompanhar!

Outra curiosidade que eu achei SUPER importante. Quem aqui nunca reclamou ou disse que comprava um pacote de vento, que atire a primeira pedra.

Eu descobri porque o pacote vem com tanto ‘vento’ – e não, não é por não ter a quantidade proposta, isso nunca porque é lei! O ar que infla a embalagem, serve como um airbag pra batata – assim durante o transporte e posicionamento nas lojas, não se quebra e é por isso que vocês não consomem farelo e sim batata inteira e crocante! Incrível, não?

batatas-lays-4

Assim que terminamos, voltamos para a sala de reuniões, onde tivemos um lanchinho final e vários presentes que era o que, adivinhem? BATATA! Gente, não consigo descrever como achei impressionante essa visita. Eu com certeza aprendi muito, e a Lay’s subiu mais ainda no meu conceito, vendo o cuidado e carinho que eles têm com tudo o que fazem. Escrevo esse post inclusive, degustando a minha Lay’s de Picanha, que se vocês não provaram ainda, é ótima!

batata-lays-7

Espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouquinho dos bastidores dessa produção. Queria muito poder levar cada um de vocês comigo lá, porque realmente valeu muito a pena!


Ah, e fica aqui o agradecimento em aberto a Rafa, por ter me convidado, e ao pessoal da Lay’s e da PepsiCo que foram tão queridos e divertidos comigo! Fora as minhas companhias maravilhosas de passeio: Danielle Noce, Paulo Cuenca, André Vasco e Bianca Muller.

Vou ficando por aqui, quem quiser me acompanhar pela vida, minhas redes sociais são todas @carolsartorio, e eu tenho um recém criado blog de viagem saguipelomundo.wordpress.com – em que eu vou contar tudo sobre intercâmbio voluntário que estou indo fazer por 2 meses no Egito!

Um beijo e um queijo batata, Carol.

Comente com o Facebook

comentários